IPQ
SPQ
Área de trabalho
(acesso reservado)

BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO




    - Aumento da competitividade;
    - Compatibilidade e interoperabilidade;
    - Controlo sobre a variedade e a utilização eficiente dos materiais, energia e recursos humanos;
    - Economia de matérias-primas e dos tempos de produção, reduzindo os desperdícios;
    - Eliminação das barreiras ao comércio;
    - Facilidade de entrada em novos mercados;
    - Proteção dos consumidores e dos interesses da comunidade;
    - Redução do grau de incerteza do mercado;
    - Reflexo da investigação, desenvolvimento e inovação;
    - Segurança, saúde, proteção da vida e do ambiente;
    - Simplificação da grande variedade de produtos e procedimentos na vida quotidiana.
 
 
10 Razões para o uso das Normas
 
Œ melhora os produtos e serviços
A partilha de melhores práticas, provenientes do trabalho normativo, leva ao desenvolvimento de melhores produtos e serviços. As normas passaram, ainda, a considerar de forma efetiva e partilhada pela Sociedade, a resposta sustentada a um conjunto de preocupações nos domínios não apenas da qualidade, da segurança e da saúde, mas também do ambiente, da ética e da responsabilidade social e da inovação.
 
 atrai novos clientes
As normas são um caminho consistente e sustentado para convencer potenciais clientes de que são amplamente respeitados níveis elevados de qualidade, segurança e fiabilidade resultando, certamente, no aumento de vendas. Os consumidores raramente são tentados a comprar produtos de qualidade questionável. Além disso, agregar qualidade a um produto ou serviço aumenta o nível de satisfação dos clientes e consumidores e é uma das melhores formas de mantê-los.
 
Ž aumenta a competitividade
As normas conferem uma notória vantagem competitiva demonstrando, de forma relevante, que o fornecedor partilha os mesmos valores e exigências do cliente em áreas como o compromisso de trabalho sustentado, a prática de ética na organização, a qualidade e normas de produto.
 
 sugere mais confiança ao negócio
A utilização de normas pressupõe a aplicação, com rigor, das práticas nelas estabelecidas, conferindo ao cliente confiança redobrada, pois saberá de antemão o que esperar, quer a nível do serviço prestado, quer a nível do produto fabricado.
 
 diminui os erros
Seguir uma norma implica cumprir metodologias e requisitos que foram analisados e ensaiados por peritos e que sugerem uma produção com menos erros de processo e menor desperdício de tempo.
 
reduz os custos
A utilização de uma norma, ao diminuir erros de processo, já está intrinsecamente a reduzir custos. No entanto estes custos poderão ainda ser mais reduzidos pelo facto de se evitarem despesas com desenvolvimento e inovação, seguindo-se exemplos existentes, previamente testados. Além disso, a utilização de normas no âmbito de um sistema de gestão da qualidade permite o desenvolvimento e a dinamização da empresa, tornando-a mais eficiente e rentável.
 
compatibilidade entre produtos
A aplicação das normas pode assegurar a compatibilidade e a interoperabilidade dos seus produtos com outros componentes.
 
facilita os atos contratuais
A utilização de normas em processos de aquisição e contratos confere eficácia e torna mais clara a relação entre clientes e fornecedores, eliminando ambiguidades e incompatibilidades.
 
facilita a entrada em novos mercados
A garantia de que os produtos estão conformes com normas, facilita a entrada nos mercados nacionais e externos, uma vez que as normas são reconhecidas, compreendidas e respeitadas tanto nacional como internacionalmente também enquanto suporte das atividades da avaliação da conformidade.
 
aumenta as hipótese de sucesso
Manter e motivar as pessoas essenciais ao sucesso do negócio é importante em qualquer empresa. As normas não são apenas importantes para evidenciar externamente a qualidade da empresa. Internamente, poderão constituir um importante fator de motivação, pelo compromisso existente com a qualidade e com as melhores práticas.
CONTACTOS | FAQ | QUESTIONAR | Sugestões | Reclamações
  @ Serviços
   Venda de Normas e Publicações
Atualização 2019-03-20 
Politica de privacidade  |  Responsabilidade (Disclaimer)  |  Contactos  |  Mapa
Conceção e Desenvolvimento: IPQ / Capgemini
   D
Compete QREN UE
Co-financiado pelo QREN