As reformas metrológicas foram objeto de legislação Medidas de líquidos de D. Sebastião Medidas de secos de diferentes épocas As especiarias que chegavam por mar eram pesadas na Casa da Índia e vendidas pelos mercadores Pesos de diferentes épocas e materiais
bandeira britânica

Medidas medievais de volume

As medidas mediavais de volume baseavam-se no almude (do al mudd árabe) e no alqueire (derivado do al keyl, que, em árabe, quer dizer: a medida).

Existem referências ao almude no território nacional (Condado Portucalense) já no séc. XI, pelo menos desde 1033, ou seja anteriores à independência do país. Quanto ao alqueire, a referência mais antiga que se conhece é já do séc. XII, no foral de Coimbra de 1111.

O almude era a unidade base para medição de líquidos, ou seja, basicamente, vinho, tendo como múltiplos a quarta (4 almudes) e o puçal (4 quartas = 16 almudes).

Medida de volume de secos medieval, usada para cereaisO alqueire era a medida oficial para o pão (cereais). Tinha também múltiplos, como a teiga (4 alqueires) e o quarteiro (4 teigas = 16 alqueires).

Nesta altura, o almude deveria equivaler a 2 alqueires. Existia ainda uma medida maior, chamada moio, que deveria valer 64 alqueires.

Após a independência do reino de Portugal, já em 1179, os forais dados por D. Afonso Henriques a Coimbra, Santarém e Lisboa mencionam um alqueire bastante maior. O anterior, usado no Condado Portucalense, seria cerca de 40% mais pequeno que o novo. Vários documentos posteriores referem a existência da medida pequena e da medida grande, ou rasa grande.

Para a medição do sal usava-se ainda uma medida chamada búzio, semelhante em capacidade ao bushel inglês. A partir do séc. XII o búzio seria usado como padrão da teiga (4 alqueires). Nuns locais usavam a designação búzio e noutros, teiga.

Conhecem-se ainda outras medidas. Desde o início da nacionalidade usavam-se o tonel (52 a 24 almudes) e a pipa (meio tonel). Há também referências a alguns submúltiplos do almude usados, pelo menos no séc XIV, mas eventualmente antes: a meia (1/8 do almude) e a pinta (1/16 do almude).

O sistema de medidas de volume foi alterado com a reforma efetuada por D. Pedro I.

 








Política de privacidade Responsabilidade (disclaimer) Contactos