Se não conseguir ver corretamente esta newsletter, clique aqui

Edição 85, fevereiro, 2013 EspaçoQ EspaçoQ
  boletim informativo mensal      edição Instituto Português da Qualidade
   
Logotipo do MEE
Divulgue esta newsletter pela sua organização ou envie-nos os e_mails de eventuais interessados
  Tema do Mês
 
 

Fortalecer a fileira florestal em Portugal

Numa altura em que muito se discute sobre quais os novos recursos que o nosso País tem que valorizar para sair da crise, não há que esquecer os recursos tradicionais, sendo um dos principais recursos a floresta nacional, com as suas variadas fileiras industriais e todos os seus produtos. Sabemos à exaustão que a floresta nacional proporciona um superavit na balança de transações dos produtos agrícolas, tem um contributo muito relevante para o emprego e uma capacidade inovadora de relevo mundial, entre muitos outros indicadores positivos. Contudo, o setor vive sob muitos constrangimentos que urge ultrapassar como a melhoria da produtividade, a questão da reduzida dimensão da maioria das propriedades ou o flagelo dos fogos florestais. No entanto há duas questões transversais, que atravessam todas as grandes discussões sobre a necessidade do incremento da criação de riqueza: a) como aumentar a qualidade da floresta e dos produtos florestais; b) como melhorar a competitividade internacional das nossas produções.

Se a maior parte do tecido industrial já pratica uma cultura de qualidade e evoluiu para sistemas integrados, o setor da produção florestal ainda vive com muitas fragilidades tanto na organização, como na pouca sofisticação dos sistemas de gestão adotados. Esta realidade, que é reconhecida como uma das questões fundamentais a que urge dar solução, foi essencial na constituição da Comissão Técnica - 145, que se tem dedicado desde 1998 à normalização da Gestão Florestal Sustentável. Desde o seu início que os principais stakeholders do setor, reunidos na referida CT, pretenderam que a Norma traduzisse a preocupação pelo aumento da qualidade da gestão praticada, ao mesmo tempo que se procurou adequar o normativo à realidade da produção e dos produtores florestais. Ficou assim provada, sob a supervisão do IPQ, a capacidade técnica nacional para encontrar as soluções adequadas para a resolução de um dos nossos principais desafios.

Assim, com o nascimento da NP 4406:”Sistema de gestão florestal sustentável. Aplicação dos critérios pan-europeus para a gestão florestal sustentável” em 2003, o setor florestal começou a dispor de uma ferramenta fundamental para poder aumentar a sua performance e poder ser comparável com as melhores práticas internacionais. Desde a primeira versão da Norma, em 2003, que o referencial foi reconhecido pelo sistema internacional PEFC – Programme for the Endorsement of Forest Certification, o que permitiu o reconhecimento internacional da gestão florestal sustentável portuguesa e o uso do respetivo logo comercial.

Os stakeholders têm-se mantido motivados e ativos no acompanhamento da Norma e a CT 145 tem produzido novas versões que a têm melhorado, introduzindo novas funcionalidades fundamentais para o sucesso do processo, como a possibilidade de certificação de grupo e regional. Este dinamismo levou a que se esteja a obter também o reconhecimento da Norma pelo sistema internacional FSC – Forest Stewardship Council, facto praticamente único a nível mundial e que virá aumentar as funcionalidades comerciais indiretas da certificação da gestão florestal.

Assim, com a edição da nova versão da NP 4406 disponível, no IPQ, a partir de 16 de março de 2013 estamos a dar mais um passo na melhoria da gestão florestal portuguesa, ajudando a potenciar as capacidades de todos os membros da fileira florestal portuguesa.

.Luís Rochartre Álvares

Presidente da CT 145 – Gestão Florestal Sustentável


   
  Publicações
   
 
ISO Focus+
   
Revista Medições e Ensaios, vol 1, nº 4, Janeiro 2013

ISO Focus+ fevereiro de 2013.

A edição de fevereiro da ISO Focus+ mostra como as normas internacionais contribuem para que os negócios de qualquer tipo ou dimensão sejam mais eficientes, aumentem a produtividade e acedam a novos mercados.

No caso das pequenas e médias empresas, em que, muitas vezes as normas são consideradas mais um custo que um benefício, é importante perceber quais os obstáculos que impedem que as empresas possam beneficiar da normalização e das muitas vantages da utilização das normas.

Consulte esta publicação...


OIML Bulletin
   
Revista Medições e Ensaios, vol 1, nº 4, Janeiro 2013

OIML Bulletin janeiro de 2013.

O Boletim OIML é uma publicação trimestral da Organização Internacional de Metrologia Legal.

As edições desde 1999 estão acessíveis para consulta no sítio web da OIML. Os números anteriores a essa data foram digitalizados e podem ser solicitados ao Editor.

Neste número é de realçar um artigo sobre a proposta de novo SI e as consequências para a metrologia legal.

Consulte esta publicação (pdf) ...


Brochura EMPIR
   
Revista Medições e Ensaios, vol 1, nº 4, Janeiro 2013

Brochura EMPIR.

O EURAMET - European Association of National metrology Institutes, editou recentemente uma brochura que nos mostra como a pesquisa no âmbito da metrologia contribui para a ciência e inovação e os grandes desafios colocados pelo "Horizon 2020".

Pretende-se dar sequência a esta história de sucesso com o EMPIR - European Metrology Programme for Innovation and Research.

Consulte esta publicação (pdf) ...


Guia WELMEC
   
Revista Medições e Ensaios, vol 1, nº 4, Janeiro 2013

Guia WELMEC 6.12.

Foi publicado em fevereiro o Novo Guia WELMEC 6.12 - “Guide on Directive 75/107/EEC Measuring Container Bottles"

Este documento faz parte de um conjunto de documentos publicados pela WELMEC que visam fornecer indicações para todos os que devem aplicar as Diretivas 76/211/EEC e 2007/45/EC para produtos pré-embalados. Pretende-se que estes documentos conduzam a uma interpretação uniforme e ao reforço destas diretivas e promovam a eliminação das barreiras técnicas ao comércio.

Os Guias WELMEC podem ser consultados no sítio web da WELMEC.

Consulte esta publicação (pdf) ...


Incluir as PME na normalização
   
Carnaval em segurança

O Comité Europeu de Normalização, através do projeto “SME Standardisation Toolkit” (SMEST), acabou de editar a publicação “Incluir as PME na normalização”. Esta brochura, disponível em mais de 30 línguas, pretende enunciar as principais ações que as associações profissionais e os organismos de normalização podem desenvolver, por forma a tornar a normalização mais acessível às pequenas e médias empresas.

Leia todo o conteúdo, clicando aqui (pdf).


CalLab Magazine - The International Journal of Metrology
   
Carnaval em segurança

CalLab Magazine 20.1

Foi publicada este mês a mais recente edição da revista CalLab Magazine The International Journal of Metrology.

Esta publicação trimestral trata assuntos relacionados com a metrologia e calibração, dando informação sobre inúmeros eventos relacionados com estas atividades. Está associada a um blog que disponibiliza um fórum para discussão de assuntos relacionados com estes tópicos, tendo como objetivo o desenvolvimento de uma comunidade online de calibração.

Os números anteriores da revista podem ser consultados no sítio web da revista.

Leia todo o conteúdo, clicando aqui.

 
 

  Ir para o topo  
  Destaques  
     
 

IPQ mantém apreciação muito positiva na Avaliação da Satisfação dos Clientes IPQ - 2012

Pelo quinto ano consecutivo, o IPQ concluiu o estudo da avaliação da satisfação e lealdade dos seus clientes, recorrendo a uma entidade externa, independente e especializada - o Instituto Superior de Estatística e Gestão da Informação, da Universidade Nova de Lisboa (ISEGI/UNL).

Os resultados obtidos nesta edição evidenciam uma constância assinalável, continuando a refletir uma apreciação muito positiva por parte dos diferentes clientes do IPQ, em matéria de satisfação global e do sítio web do IPQ, mantendo-a ao nível dos três últimos anos, respetivamente, 7,5 em 2010 e 7,6 em 2011 e 2012.

Ler mais...


Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) do IPQ pela Norma NP EN ISO 9001:2008

Logotipo do PEX SPQNa sequência da certificação obtida pelo IPQ em março de 2011, o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) do IPQ teve a auditoria respeitante ao segundo acompanhamento no passado dia 27 de fevereiro, com resultados positivos.

Esta auditoria corresponde ao fecho do primeiro ciclo de certificação, ao qual se seguirá, no próximo ano, a renovação da mesma.

A exemplo do sucedido nas auditorias de concessão e de acompanhamento, não foram identificadas quaisquer não conformidades no SGQ do IPQ, tendo sido relevados, como pontos fortes do sistema, entre outros, a liderança e o envolvimento da Gestão de Topo, a cultura da Melhoria Contínua, o domínio técnico dos processos e produtos, a implementação do novo Sistema de Informação (PROQUAL) e o elevado volume de formação prestada aos colaboradores, bem como a continuação da utilização da metodologia Balanced Scorecard (BSC) na operacionalização da sua estratégia.

Desta forma, o IPQ viu confirmada a sua certificação, mantendo-se o elevado grau de empenhamento dos seus Dirigentes e Colaboradores, num esforço conjunto de vivência dos princípios da Gestão da Qualidade e da procura da melhoria contínua.


1ª Reunião da Comissão Técnica da Agenda Portugal Digital

padrão de pesos de D. Manuel IA Comissão Técnica da Agenda Portugal Digital criada no âmbito da Resolução do Conselho de Ministros nº 112 de 20 de dezembro de 2012, reuniu pela primeira vez no passado dia 5 de março no Salão Nobre do Ministério da Economia e do Emprego e contou com a presença do Sr. Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, Franquelim Alves.

A Agenda Portugal Digital visa contribuir para o desenvolvimento da Economia Digital e da Sociedade do Conhecimento, preparando o país para um novo modelo de atividade económica, centrado na inovação e no conhecimento e numa nova política industrial, como base para a disponibilização de novos produtos e serviços de maior valor acrescentado e direcionados para os mercados internacionais.

A Agenda Portugal Digital está alinhada com a Estratégia Europa 2020 e com a Agenda Digital para a Europa, bem como com os objetivos definidos pelo Governo para o reforço da competitividade e da internacionalização das empresas nacionais, em especial das pequenas e médias empresas, através da inovação e do empreendedorismo qualificado, definidos no Programa Estratégico para o Empreendedorismo e a Inovação (+E+I).

Prevê um forte envolvimento do sector privado, em especial do sector das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e contempla seis áreas de intervenção:

  1. Acesso à banda larga e ao mercado digital;
  2. Investimento em Investigação e Desenvolvimento (I&D) e Inovação
  3. Melhorar a literacia, qualificação e inclusão digitais;
  4. Combate à fraude e à evasão fiscais, contributivas e prestacionais;
  5. Resposta aos desafios societais;
  6. Empreendedorismo e internacionalização do setor das TIC.

Nesta 1ª reunião da Comissão Técnica que integra um conjunto de representantes de entidades públicas e privadas e das quais o Instituto Português da Qualidade (IPQ) faz parte, foram apresentados nomeadamente, uma proposta de Regulamento Interno que mereceu aprovação bem como o Plano Anual de Actividades.


PEX-SPQ 2013 – Receção de candidaturas

Logotipo do PEX SPQEncontra-se a decorrer até ao próximo dia 31 de março a fase de receção dos dossiers de candidatura ao PEX-SPQ 2013.

O PEX-SPQ 2013 foi lançado a 8 de novembro de 2012, no IPQ, tendo já decorrido a fase de receção dos formulários de intenção de candidatura até 31 de dezembro de 2012.

O Manual de Candidatura ao PEX-SPQ 2013 encontra-se disponível no website do IPQ bem como todas as informações referentes à edição deste ano do Prémio.

Ler mais...


Ordem dos Arquitetos reconhecida como Organismo Gestor de Comissão Técnica

A Ordem dos Arquitetos, que representa os licenciados ou detentores de diploma equivalente no domínio da arquitetura que exercem a profissão de arquiteto em Portugal, foi reconhecida, pelo IPQ, como Organismo Gestor de Comissão Técnica (OGCT).

Neste contexto, a OA tem a oportunidade de coordenar e acompanhar um conjunto de projetos de normalização, nomeadamente, quer os relacionados com a normalização dos serviços de Arquitetura e Urbanismo, quer na definição dos critérios de qualidade para o projeto de Arquitetura e projeto de Urbanismo, a desenvolver conjuntamente com entidades nacionais que demonstrem interesse em participar, para além de acompanhar os trabalhos de normalização a nível internacional, desenvolvidos sob a égide do Comité Europeu de Normalização.

Ler mais...


 
     
  Ir para o topo  
  Notícias
     
 

Documentos normativos relevantes editados recentemente

No âmbito do conjunto de documentos normativos recentemente editados, destacamos, pela sua relevância, os seguintes:

NP 4406:2013 Sistemas de gestão florestal sustentável. Aplicação dos critérios pan-europeus  para a gestão florestal sustentável
A presente Norma específica os requisitos de um sistema de gestão florestal sustentável, de forma a permitir que qualquer responsável pela unidade de gestão florestal, defina uma política florestal e objetivos atendendo às exigências legais, aos critérios pan-europeus para a gestão florestal sustentável e aos aspetos da sua atividade com potencial impacte social, económico e ambiental.

Pela sua importância, chamamos a atenção para dois Projetos de Norma que entrarão dia 16 de março  em inquérito público, por um período de 30 dias. Os projetos estão para consulta gratuita  on-line e quaisquer comentários poderão ser enviados para nor@ipq.pt

prNP 4514:2013 Transporte público de passageiros. Linha de autocarros interurbanos. Características e fornecimento do serviços

Consulte aqui o projeto.

prNP 4515:2013 Casca e estilha de madeira de Resinosas.Tratamento fitossanitário pelo calor para eliminação do nemátode da madeira do pinheiro (Bursaphelenchus xylophilus) e outros organismos prejudiciais

Consulte aqui o projeto.

Exposição 360º Ciência Descoberta

padrão de pesos de D. Manuel IEstá a decorrer desde do dia 2 de março, na sede da Fundação Gulbenkian, a exposição 360º Ciência Descoberta.

Esta exposição sobre a ciência ibérica na época dos descobrimentos que estará patente até ao dia 2 de junho, permite-nos conhecer alguns dos relevantes desenvolvimentos científicos e técnicos associados às grandes viagens oceânicas de Portugueses e Espanhóis nos séculos XV e XVI, e o impacto que causaram na ciência europeia.

A exposição está organizada em torno de quatro zonas temáticas:

  1. A imagem do mundo antes das viagens marítimas;
  2. O contacto com as novidades da geografia, da botânica, da zoologia, etc.;
  3. a criação de novas disciplinas de base matemática e os desenvolvimentos tecnológicos;
  4. O impacto da nova imagem do mundo no surgimento da ciência moderna.

O Museu de Metrologia do IPQ colabora com esta iniciativa, através da cedência de peças relacionadas com as reformas metrológicas de D. Manuel I e D. Sebastião.

Ler mais...

Consulte o programa de visitas.


Colaboração normativa entre a EU e os Estados Unidos

Realizou-se em Dublin, no passado dia 12 de fevereiro e sob a égide da presidência irlandesa do Conselho da Europa, uma reunião entre o Comité Europeu de Normalização (CEN), o Comité Europeu de Normalização Eletrotécnica (CENELEC), o Instituto Europeu de Normalização para as Telecomunicações (ETSI) e o Organismo Americano de Normalização (ANSI), com o objetivo de intensificar a colaboração entre as entidades europeias de normalização e a americana, tendo em vista a facilitação do comércio de bens e serviços. Esta colaboração é tão mais importante uma vez que estão prestes a iniciar as negociações do Comércio Transatlântico e Parcerias de Investimento.

Participaram, igualmente, nestas discussões o Presidente do IPQ, na qualidade de Vice-presidente do CEN, e ainda representantes da Associação Europeia de Comércio Livre (EFTA), do US Federal Government e da Comissão Europeia.

Durante a reunião, o presidente Obama deu sinal verde para a intensificação das negociações comerciais globais entre a UE e os EUA, a fim de impulsionar o crescimento e criar emprego em ambos os lados do Atlântico.


Dia Mundial dos Direitos dos Consumidores

Comemora-se hoje, 15 de março, o Dia Mundial dos Direitos dos Consumidores, marco importante para a defesa dos consumidores e que é assinalada por um conjunto de iniciativas organizadas e participadas pela Direção-Geral do Consumidor,

Consulte a informação sobre esta comemoração (pdf).


StandarDays

O Comité Europeu de Normalização (CEN) e o Comité Europeu de Normalização Eletrotécnica (CENELEC), continuam a desenvolver esforços para proporcionar às PME e ao público em geral a informação e o esclarecimento necessários para melhor compreensão da atividade normativa europeia.

Uma das ações que periodicamente é realizada é o StandarDays , evento de dois dias destinado aos recém-chegados ao mundo da normalização europeia e que gostariam de melhor entender qual o papel do CEN e do CENELEC, e ainda obter uma visão clara e estruturada do Sistema Europeu de Normalização.

Assim nos próximos dias 23 e 24 de abril, decorrerão as jornadas StandarDays, no Centro de Reuniões do CEN-CENELEC, Avenue Marnix 17, B-1000 Bruxelas, tendo por grupo alvo todos os atores interessados no sistema europeu de normalização, nomeadamente: indústria, consumidores, administração pública, instituições europeias, centros de pesquisa e investigação, organismos nacionais de normalização, etc.

Poderá efetuar a sua inscrição clicando aqui (pdf).


IPQ colabora com o Programa de Introdução à Prática Profissional da FCT/UNL

O IPQ, ao abrigo do programa de introdução à prática profissional da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT/UNL), acolheu um estudante do Departamento de Física da FCT para a realização de um estágio curricular de curta duração.

Este programa faz parte do “Perfil Curricular FCT” e tem como objectivo o complementar a formação dos estudantes através do contacto com o ambiente empresarial e/ou centros de investigação científica próximos da área do curso e deverá decorrer todos os anos, no mês de fevereiro ou julho.

Dada a formação de base destes estudantes que inclui matemática, electrónica, física moderna e programação e a duração do estágio (5 semanas a tempo inteiro), as tarefas desempenhadas pelo estudante decorreram no laboratório de comprimento e consistiram na realização de trabalhos complementares, nomeadamente ensaios de repetibilidade e reprodutibilidade, para a avaliação do sistema de medição a utilizar na calibração de distanciómetros. O plano de tarefas foi concluído com a realização de um resumo do trabalho desenvolvido, que pode ainda levar à realização de um possível artigo ou poster de divulgação.

Ler mais... (pdf)


Base de dados europeia de acidentes e lesões

Para comemorar o Dia Europeu do Consumidor, 28 organizações a nível europeu, incluindo o Comité Europeu de Normalização (CEN) e o Comité Europeu de Normalização Eletrotécnica (CENELEC) e diversos representantes de empresas, consumidores e da área da segurança uniram-se para evidenciar a necessidade de combater a desordem atual da recolha de dados a nível dos acidentes, uniu-se com o objetivo de propor à Comissão Europeia a criação de um sistema de base de dados sobre acidentes e lesões.

Ler mais...


Logotipo do Projeto Juventude

Sessão do Projeto JuventudeNo âmbito do Projeto Juventude o IPQ, durante o mês de março, deu formação a cerca de 250 alunos do ensino profissional. Desta vez a divulgação da atividade de normalização e a importância da utilização de normas bateu à porta da Escola Profissional Gustavo Eiffel na Amadora, da Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense em Castelo Branco e na Escola Tecnológica e Profissional de Sicó em Avelar – Pombal. Tudo leva a crer que este ano o nosso Projeto irá contar com muitas e diversificadas candidaturas.


Desenvolvimento das infraestruturas da Qualidade em Moçambique

O Eng.º António Cruz, ex-Director do Departamento de Metrologia do IPQ, foi selecionado como perito na área da Qualidade para um projecto da União Europeia/UNIDO para desenvolver as infraestruturas da Qualidade em Moçambique e de apoio ao sector privado em especial as PME. O projecto designa-se “COMPETIR com QUALIDADE” e tem a duração de 3 anos. Moçambique tem uma instituição responsável pelo Sistema Nacional da Qualidade, o INNOQ – Instituto Nacional de Normalização e Qualidade, que tem também um laboratório de calibração com duas áreas acreditadas (massa e temperatura) pelo IPAC.

O projecto, para além do desenvolvimento do INNOQ com vista sua sustentabilidade futura, visa todas as infra-estruturas de apoio ao sector público e privado, nomeadamente os laboratórios de ensaio em múltiplos domínios (águas, alimentos, saúde, materiais de construção, etc.), o apoio às empresas nos seus objectivos de certificação e o apoio ao desenvolvimento de currículos sobre as ferramentas da qualidade nas instituições de ensino.


Líderes das Comissões Técnicas da ISO sobre Educação reuniram em Genebra

Líderes das Comissões Técnicas da ISO sobre Educação reunidos em GenebraOs líderes das três comissões técnicas da ISO sobre Educação (TC 176 WG05, TC 232 e JTC1 SC36) reuniram no passado dia 28 de fevereiro na sede da ISO, em Genebra, para discutirem a possibilidade de passarem a trabalhar colaborativamente. Estiveram presentes nesta reunião Sandra Feliciano (Co-Convener da ISO/TC 176 WG05), Erlend Overby (Chair da JTC1 SC36), Thomas Rau (Chair da TC232), Stefan Krebs (Secretary da TC232) e os três ISO/CS Technical Programe Manager responsavéis - José Alcorta (TC176), Henry Cuschieri (JTC1 SC36) e Stefan Marinkovic (TC232). Participaram ainda, via WebEx, Gary Cort (Chair da TC176), Andy Kwong (Secretary da TC176), Craig Johnson (Co-Convener da TC176 WG05) e Christian Stracke (Convener da JTC1 SC36 WG5).

A reunião serviu, essencialmente, para dialogar sobre a realidade atual do setor da educação, as sinergias entre os trabalhos em curso nas três comissões e para delinear a estratégia a seguir. Uma das principais decisões tomadas foi o estabelecimento de um acordo entre as três comissões, que formalize a sua colaboração futura. O seu conteúdo, atualmente em elaboração, deverá ser apresentado aos membros das três comissões durante a sua primeira reunião conjunta, que se realizará em Portugal, nas instalações do IPQ, nos próximos dias 26, 27 e 28 de Março.


Comparação-chave de micropipetas

Em julho de 2011 iniciou-se uma comparação chave (KC) do BIPM no âmbito da calibração de micropipetas - CCM.FF.K4.2.2011 - Volume comparison at 100 microliter – Calibration of micropipettes (piston pipettes). Nesta KC participaram 8 Laboratórios Nacionais de Metrologia de diferentes Organizações Regionais de Metrologia, respetivamente: CENAM do México; LNE de França; UME da Turquia, KEBS do Quénia, NMISA da Africa do sul, NIM da China e INMETRO do Brasil.

O Laboratório de Volume do Instituto Português da Qualidade participou como laboratório piloto. Foram calibradas 5 micropipetas de volume fixo de 100 microlitros. Após a análise preliminar dos resultados enviados pelos participantes, verificou-se a existência de alguns valores discrepantes, nomeadamente nos laboratório que se encontravam a grande altitude e portanto a baixa pressão atmosférica. Para os resultados serem comparáveis foi necessário fazer uma correção para a pressão atmosférica de referência através de uma equação desenvolvida pelo DKD em 2011. Com esta correção, para a pressão atmosférica de referência, verificou-se que a maioria dos valores são consistentes entre si e com o valor de referência determinado.

Uma das conclusões importantes desta comparação é que, na calibração de micropipetas, é essencial efetuar correções ao valor obtido para os valores de referência da temperatura e da pressão atmosférica, nomeadamente 20 °C e 1013,25 hPa e que esta informação deverá constar nos certificado de calibração das micropipetas.

O relatório desta comparação pode ser consultado na pagina do BIPM ou na revista Metrologia.

Formação sobre Sistemas de Gestão de Energia

Logo do IPQ e do CEDINTEC

Numa organização conjunta do Instituto Português da Qualidade (IPQ) e do Centro para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológicos (CEDINTEC), realizou-se nos dias 18 e 19 de fevereiro, uma edição do curso sobre “Gestão de Energia”.

Esta ação de formação decorreu nas instalações do IPQ e contou com a participação de 9 formandos, oriundos de diversas entidades públicas e empresas privadas. O formador foi o Eng. Orlando Paraíba, Diretor da Agencia de Energia e Ambiente da Arrábida e auditor reconhecido pela DGEG no âmbito da SGCIE.

Os objetivos de identificar os princípios de um sistema de gestão de energia, os requisitos da norma ISO 50001 e a aquisição das competências necessárias para implementação dos princípios daquela norma, foram plenamente atingidos e a avaliação final do curso pelos formandos foi muito positiva.

O IPQ e o CEDINTEC, face ao sucesso desta iniciativa está a organizar na próxima semana mais uma ação de formação semelhante no Porto nos dias 18 e 19 de março.

Se pretender fazer uma inscrição envie um e-mail para formacao@ipq.pt.

Consulte o programa e inscreva-se...


O Sistema Europeu de Normalização em 2020

Conscientes de que a normalização europeia será fundamental para a competitividade e crescimento globais, para a confiança dos consumidores e para a inovação, o Comité Europeu de Normalização (CEN), o Comité Europeu de Normalização para a área Eletrotécnica (CENELEC) e o Instituto Europeu de Normas de Telecomunicações (ETSI), definiram uma estratégia comum, que pretendem, com a ajuda de todos os organismos nacionais de normalização, parceiros e cidadãos, levar a cabo até 2020.

Pretende-se, assim, que em 2020 o Sistema Europeu de Normalização disponha de normas usadas mundialmente, conseguidas pelo estreitar do relacionamento com os organismos internacionais e regionais de normalização; que o uso das normas venha consolidar e fortalecer o mercado único europeu; que o uso dessas normas comuns removam barreiras técnicas ao comércio, apoiando o crescimento económico e o bem-estar; que se consiga por antecipação prever o futuro do mercado, as tendências sociais e ambientais, identificando novas oportunidades e tecnologias inovadoras; que a normalização reflita a amplitude dos interesses e a diversidade dos seus públicos com a sua participação de forma inclusiva e colaborativa no desenvolvimento de soluções normativas que atendam às suas especificidades, investindo nos valores e conhecimentos técnicos europeus a fim de manter e melhorar a qualidade das normas.

Para que esta estratégia seja o mais participada possível, estará em consulta pública até dia 15 de abril. Os comentários e observações julgados pertinentes poderão ser enviados para o endereço eletrónico mjgraca@ipq.pt. Após esta data os contributos serão enviados para o Grupo de Trabalho respetivo para discussão, na reunião plenária de 29 de abril.

O seu contributo é muito importante. Participe!

Consulte o documento Strategic objectives for the European standardization system to 2020.

 
  Ir para o topo
  Eventos  
     
     
 

Divulgação dos resultados do ECSI Portugal 2012

Logotipo do SPQ8 de abril – Sector da Banca
23 de abril - Setor das Comunicações
21 de maio – Setor da Energia

Na 13ª edição do Índice Nacional de Satisfação do Cliente - ECSI Portugal referente a 2012, foram estudados os setores das Águas, Banca, Combustíveis, Comunicações, Eletricidade, Gás em Garrafa, Gás Natural, Seguros e Transportes Públicos de Passageiros.

Os resultados deste estudo serão apresentados este ano num formato diferente, orientado para cada um dos diferentes setores considerados. O local de realização dos eventos, bem como os respetivos programas - que incluirão a entrega dos troféus às Empresas vencedoras - serão objeto de divulgação em breve.

O Índice Nacional de Satisfação do Cliente - ECSI Portugal, é um sistema de medida da qualidade de bens e serviços disponíveis no mercado nacional que disponibiliza, às empresas aderentes, informação relevante sobre a satisfação dos seus clientes, de importância estratégica para a melhoria da sua competitividade.

A metodologia adotada consiste na realização de um inquérito junto dos clientes de cada marca/empresa estudada, na especificação e estimação de um modelo de satisfação do cliente, sendo os resultados agregados ao nível de cada setor de atividade.

O ECSI Portugal tem sido desenvolvido ininterruptamente desde 1999 no âmbito de uma parceria estabelecida pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) com a Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ) e o Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação da Universidade Nova de Lisboa (ISEGI-UNL), abrangendo vários setores de atividade da economia nacional.

Convidamo-lo, desde já, a participar neste evento. Esteja atento à página oficial do IPQ em www.ipq.pt.


IV Encontro dos Investigadores da Qualidade
7 de junho

Até 31 de março encontra-se a decorrer a fase de submissão dos resumos, os quais deverão ser enviados para paulosampaio@dps.uminho.pt, não devendo ultrapassar as 500 palavras. Do resumo devem também constar o título do trabalho, o nome dos autores e respetiva afiliação, e as palavras-chave. Os autores das comunicações aceites serão posteriormente convidados a submeter o artigo completo para ser publicado nos proceedings do Encontro.

Integrado no IV Encontro dos Investigadores da Qualidade, irá também decorrer o II Workshop de Qualidade em Saúde, organizado pela CS/09 – Comissão Setorial para a Saúde do Sistema Português da Qualidade. Este Workshop distingue-se do restante evento na medida em que para além de trabalhos de investigação se apela à apresentação de trabalhos aplicados.

Os trabalhos apresentados podem ser produzidos em Academia, Centros de Investigação ou Unidades de Investigação Hospitalar, ou casos de estudo críticos de experiências desenvolvidas em ambiente de saúde, nos quais se possa analisar a aplicação das medidas de saúde em contexto cultural português.

Os resumos para este Workshop podem ser submetidos até 15 de abril para henrique.lopes@isec.universitas.pt .

A comissão científica indicará até 30 de Abril quais os trabalhos aprovados.

Consulte a informação sobre este evento...


Encontro Técnico "Poluição difusa - desafios para o futuro"

A Comissão Setorial para a Água (CS/04),o Instituto Português da Qualidade (IPQ) e a Associação Portuguesa de Recursos Hídricos, promovem no dia 29 de maio de 2013, no Auditório do IPQ, um Encontro Técnico subordinado ao tema “Poluição difusa – desafios para o futuro”.

Tendo como destinatários profissionais de ambiente e saúde pública, autarcas, técnicos de administração pública central e regional, técnicos de entidades municipais, entidades e empresas ligadas ao uso da água, docentes, investigadores e estudantes, com este encontro pretende-se discutir os desafios da poluição difusa e dar uma panorâmica das ações e medidas que têm sido adotadas para o seu controlo em diferentes setores de atividade.

Mais informações através do endereço eventos@ipq.pt.


Lançamento do Projeto SPQ EXPO

Logotipo do SPQVai ter lugar no próximo dia 9 de abril pelas 11:00, no IPQ, a apresentação pública do Projeto SPQ EXPO – Fórum e Exposição de Normalização, Metrologia e Qualificação, com a participação do IPQ, AEP e APQ.

O SPQ EXPO será um evento anual destinado aos profissionais da área da qualidade e a todas as entidades que integram o Sistema Português da Qualidade, reunindo todos os parceiros nacionais envolvidos na Metrologia, Normalização e Qualificação, num ambiente que proporcionará às pessoas e organizações contactar com os principais profissionais do setor e encontrar um público-alvo à procura de soluções e inovação. A primeira edição do evento está prevista decorrer nos dias 26 e 27 de setembro de 2013, no Porto, EXPONOR.

Mais informações através do endereço eventos@ipq.pt.


V Fórum da Qualidade ESCE/IPVC “Qualidade, Segurança e Inovação" - 7 de junho

Mantendo a tradição dos últimos anos, a Escola Superior  de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo irá realizar, no próximo dia 7 de Junho de 2013, o V FÓRUM DA QUALIDADE ESCE/IPVC com o tema "Qualidade, Segurança e Inovação".

Este evento irá ter um total de cinco paineis onde irão ser abordados variados temas ligados à área da gestão da qualidade, segurança e inovação. O evento pretende reunir na ESCE, em Valença, pessoas do meio académico e empresarial com interesse e/ou experiência na área, para através de uma partilha de experiências e ideias, fomentar um forte debate sobre os novos rumos da qualidade para as organizações. Para além do debate sobre a importância da segurança e da inovação na qualidade, também serão abordados, uma vez mais, a filosofia Lean, 6 sigma e o modelo EFQM, para uma gestão da qualidade de excelência.

A participação no evento é gratuita, sendo no entanto a inscrição obrigatória, por limitação de espaço. A inscrição deverá ser realizada até 30 Maio, no secretariado do evento ao cuidado de Beatriz Fernandes (email: bfernandes@esce.ipvc.pt; Tel: 258 809 679 / Tem: 96 591 96 59).

O programa completo do evento será divulgado brevemente em www.esce.ipvc.pt.

Mantenha-se atento!!!


  Ir para o topo
  Formação  
     
     
 

Curso experimentadores metrologistas

Na sequência do que tem vindo a ser realizado em anos anteriores, o IPQ irá promover no mês de maio mais um Curso de Experimentadores Metrologistas. O curso será realizado nas instalações do IPQ.

O curso destina-se preferencialmente a candidatos provenientes de autarquias, de Organismos de Verificação Metrológica e das Direções Regionais da Economia, entidades que integram o Sistema da Metrologia Legal, e pretende fornecer referências, modelos e técnicas de Metrologia no sentido de contribuir para a melhoria dos serviços de controlo metrológico.

Se pretender fazer uma pré-inscrição envie um e-mail para formacao@ipq.pt.

A data de realização será divulgada oportunamente.


Formação em IDI Investigação, Desenvolvimento e Inovação

Brevemente serão divulgadas as datas para a realização das ações de formação em Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI), organizadas conjuntamente pelo IPQ, APQ e COTEC.

À semelhança do que tem vindo a acontecer em anos anteriores, prevê-se a realização de 2 edições do curso de Implementação de Sistemas de Gestão da IDI e 2 edições do curso de Auditorias a Sistemas de Gestão da IDI. Em ambos os casos, uma das edições decorrerá em Lisboa e a outra no Porto.

Os programas dos cursos serão divulgados oportunamente nos sítios web do IPQ, APQ e COTEC.

Se pretender fazer uma pré-inscrição envie um e-mail para formacao@ipq.pt.


Gestão de Energia
Porto, 18 e 19 de março

Logo do IPQ e do CEDINTEC

O IPQ e o CEDINTEC estão a realizar mais edições desta ação de formação no decorrer de 2013. Ainda está a tempo de se inscrever na próxima edição que vai decorrer no Porto nos dias 18 e 19 de março.

O formador convidado para ministrar as 14 horas de curso, dirigido a gestores de energia, gestores de empresas e técnicos superiores que pretendam potenciar as suas competências e conhecimentos nesta área, continuará a ser o Eng. Orlando Paraíba, Diretor da Agência de Energia e Ambiente da Arrábida.

Através de métodos pedagógicos expositivo e ativo, pretende-se que, no final da ação, os formandos fiquem aptos a identificar os princípios de um sistema de gestão de energia, os requisitos da NP EN ISO 50001:2012 e adquiram as competências necessárias para implementar os princípios daquela norma em contexto real

No final da formação os participantes obterão um Certificado de Frequência da Formação Profissional, observando as regras estabelecidas.

Consulte o programa e inscreva-se (pdf)...


Aplicação da Norma ISO 21500
Quadros Dirigentes
Gestores de Projetos

O Curso de Aplicação da Norma ISO 21500 para Quadros Dirigentes ou para Gestores de Projetos destina-se a apresentar uma síntese dos conceitos fundamentais sobre os Métodos, Técnicas e Procedimentos de Gestão de Projetos, à luz do definido na Norma ISO 21500 – Guidance on Project Management. Não é abrangida pelo âmbito deste Curso a prática de técnicas, métodos ou ferramentas de Gestão de Projetos.

O Módulo foi estruturado com base em três temas:
Um tema introdutório sobre as normas de gestão de projetos internacionais e sobre algumas normas nacionais de referência, referindo-se também a génese da Norma ISO 21500 e a sua estrutura. Nesta introdução é ainda exposta a atividade do ISO TC 258 e da CT 175;
Um tema dedicado aos conceitos fundamentais de Gestão de Projetos, abrangendo também uma referência à gestão de programas e de portefólios, à temática do governo da gestão de projetos e às competências em gestão de projetos;
Um tema focado nos processos da Norma ISO 21500, em que são apresentados os grupos de processos de Início, Planeamento, Controlo e Encerramento dos projetos.

Se pretender fazer uma pré-inscrição envie um e-mail para formacao@ipq.pt.

As datas de realização de próximas ações serão divulgadas oportunamente.

Consulte o programa no sítio web do IPQ...


 
  artigos  
     
 
 

Sistema de HACCP aplicado ao Sushi para consumo nos estabelecimentos de Restauração

O consumo de sushi é cada vez mais apreciado pela população ocidental passando a fazer parte da alimentação do dia-a-dia. Como tal, existe a necessidade de se criar um sistema de HACCP com regras definidas e fluxogramas de produção de modo a atenuar os riscos associados ao seu consumo. São vários os estudos que referem os contaminantes presentes no peixe cru e as condições em que este deve ser preparado, no entanto, existem ainda alguns pontos por explorar nomeadamente a nível da segurança alimentar, isto é, se o pescado usado para sushi deve ser fresco ou previamente congelado.

O objectivo deste estudo será então definir um conjunto de boas práticas para a confecção de sushi explorando a questão da conservação em congelação ou refrigeração, delinear um plano de HACCP, descrever as suas propriedades nutricionais e ainda as suas contraindicações.

Ler mais (pdf)...

  Ir para o topo  
  Legislação
 

Legislação Nacional

Inspeção de veículos a motor e seus reboques

Decreto-Lei n.º 26/2013 de 19 de fevereiro
Procede à primeira alteração à Lei n.º 11/2011, de 26 de abril, que estabelece o regime jurídico de acesso e de permanência na atividade de inspeção técnica de veículos a motor e seus reboques e o regime de funcionamento dos centros de inspeção.

Aprovação de modelo

Despacho n.º 2773/2013 de 20 de fevereiro
Aprovação do modelo n.º 601.42.12.3.23, de Stand ASLA, S. A. (opacímetro).

Lei Orgânica do XIX Governo Constitucional

Decreto-Lei n.º 29/2013 de 21 de fevereiro
Procede à segunda alteração ao Decreto-Lei n.º 86-A/2011 de 12 de julho, que aprova a Lei Orgânica do XIX Governo Constitucional.

Procedimentos de contratação das aquisições do Ministério da Economia e do Emprego

Despacho n.º 2950/2013 de 25 de fevereiro
Determina a centralização, na Unidade Ministerial de Compras (UMC) do Ministério da Economia e do Emprego, da condução dos procedimentos de contratação das aquisições, designadamente a adjudicação das propostas em representação das entidades compradoras, relativas às categorias de bens e serviços.

Portal dos Contratos Públicos

Portaria n.º 85/2013 de 27 de fevereiro
Primeira alteração à Portaria nº 701-F/2008, de 29 de julho que regula a constituição, funcionamento e gestão do portal único da Internet dedicado aos contratos públicos.

Grandes Opções do Plano para 2013

Declaração de Retificação n.º 10/2013 de 28 de fevereiro
Retifica a Lei n.º 66-A/2012, de 31 de dezembro, «Aprova as Grandes Opções do Plano para 2013», publicada no Diário da República, 1.ª série, suplemento, n.º 252, de 31 de dezembro de 2012.

Orçamento do Estado para 2013

Declaração de Retificação n.º 11/2013 de 28 de fevereiro
Retifica a Lei n.º 66-B/2012, de 31 de dezembro, «Aprova o Orçamento do Estado para 2013», publicada no Diário da República, 1.ª série, suplemento, n.º 252, de 31 de dezembro de 2012.

Decreto-Lei n.º 36/2013, de 11 de março
O presente diploma estabelece as disposições necessárias à execução do Orçamento do Estado para 2013, aprovado pela Lei Lei n.º 66-B/2012, de 31 de dezembro.

Controlo do nemátodo do pinheiro

Resolução da Assembléia da República n.º 20/2013 de 7 de marçro
Recomenda que o Governo Português disponibilize todos os meios técnicos que permitam produzir a informação necessária para argumentar, junto do Comité Fitossanitário da Comissão Europeia, a revisão da listagem de espécies hospedeiras de nemátodo da madeira do pinheiro.

Entidades qualificadas para o controlo metrológico

Despacho n.º 2403/2013 de 12 de fevereiro
Qualificação de serviço concelhio de Metrologia como organismo de verificação metrológico de LMQ.

Despacho n.º 2615/2013 de 18 de fevereiro
Qualificação de instalador de tacógrafos n.º 101.24.07.6.68 de Albergaria-a-Velha.

Despacho n.º 2771/2013 de 20 de fevereiro
Qualificação de reparador e instalador de tacógrafos n.º 101.25.12.6.033, de VULCAL.

Despacho n.º 2772/2013, de 20 de fevereiro
Qualificação de instalador de dispositivos limitadores de velocidade n.º 101.99.12.6.005, de José Albino Fernandes.

Despacho n.º 2850/2013, de 21 de fevereiro
Qualificação de instalador de tacógrafos n.º 101.25.12.6.025 de Auto Sueco de Albergaria-a-Velha.

Despacho n.º 3219/2013, de 28 de fevereiro
Qualificação de instalador de tacógrafos n.º 101.24.09.6.103 de Auto Sueco de Coimbra - Unidade de Negócio de Viseu.

Despacho n.º 3563/2013, de 6 de março
Qualificação de organismo de verificação metrológica de instrumentos de pesagem separadores de funcionamento automático de LUSOFACTOR.

Despacho n.º 3564/2013, de 6 de março
Qualificação de organismo de verificação metrológica de contadores de gás e dispositivos de conversão de volume para uso doméstico, comercial e das industrias ligeiras do ISQ LABMETRO.

Despacho n.º 3565/2013, de 6 de março
Qualificação de organismo de verificação metrológica de opacímetros do ISQ (LABMETRO).

Despacho n.º 3566/2013, de 6 de março
Qualificação de organismo de verificação metrológica de analisadores de gases de escape do ISQ.

Despacho n.º 3567/2013, de 6 de março
Qualificação de OVM de registadores de temperatura a utilizar nos meios de transporte e nas instalações de depósito e armazenamento dos alimentos ultracongelados, refrigerados, congelados e cremes gelados de ISQ.

Despacho n.º 3568/2013, de 6 de março
Qualificação de organismo de verificação metrológica de refractómetros de SOLMEVINI.

Legislação Europeia

Produtos de construção

Comunicação 2013/C 59/01, JOUE C 59, de 28 de fevereiro
Publica a lista de normas harmonizadas no âmbito da execução da Diretiva 89/106/CEE.

Embarcações de recreio

Comunicação 2013/C 74/01, JOUE C 74, de 13 de março
Publica a lista de normas harmonizadas no âmbito da execução da Diretiva 94/25/CE.

Equipamentos de preteção individual

Comunicação 2013/C 74/02, JOUE C 74, de 13 de março
Publica a lista de normas harmonizadas no âmbito da execução da Diretiva 89/686/CEE.

 
     
  Sabia que...
 
 
 

Existe uma forma internacionalmente aceite para a escrita das datas?

Quando as datas são representadas apenas com números e têm de ser lidas por cidadãos de vários países a incerteza, sobre se a leitura está correta, pode ser muito frustrante. Isto já para não falar que em contexto de negócio, marcação de reuniões, elaboração de contratos ou compra de bilhetes de avião pode sair muito caro.

A Norma internacional ISO 8601 aborda esta incerteza, estabelecendo uma forma acordada internacionalmente para representar datas e que pode ser usada por qualquer pessoa normalizando esta comunicação a nível internacional.

As datas deve aparecer escritas da seguinte forma

AAAA-MM-DD
(ano) – (mês) – (dia)

Por exemplo, 15 de março de 2013 corresponde a: 2013-03-15

Encomende já esta norma ao IPQ.

  Ir para o topo  
     



tema do mês  
publicações  
destaques  
notícias  
eventos  
formação  
artigos  
legislação  
sabia que...  

 
Logotipo de entidade certificada  

Agenda
 
   

 
maio
20|Dia Mundial da Metrologia
Caparica, Portugal
 
28|European Conference “SMEs and Standardization”
Bélgica, Bruxelas
 
29|Encontro Técnico “Poluição Difusa”, IPQ/CS04
Caparica, Portugal
 
junho
7| IV Encontro dos Investigadores da Qualidade, APQ
Tróia, Portugal

7| V Fórum da Qualidade ESCE/IPVC - “Qualidade, Segurança e Inovação"
Viana do Castelo, Portugal

 
17 a 20| 57º Congresso da EOQ
Tallinn, Estónia
 
setembro
26 e 27| SPQ EXPO - Fórum e Exposição de Normalização, Metrologia e Qualificação
Porto (Exponor), Portugal
 
outubro
7 a 10|Congresso Internacional de Metrologia,
Paris, França
 
14|World Standards Day  
14 a 18|Symposium on Temperature and Thermal Measurements in Industry and Science
Funchal, Madeira, Portugal
 

 
   
   
   
LOJA IPQ  

O IPQ está a proceder a uma reestruturação da sua loja eletrónica e brevemente voltaremos a disponibilizar este serviço, com novas funcionalidades e benefícios para os nossos clientes. Entretanto, envie-nos a sua encomenda de normas para o endereço: vendas@ipq.pt ou através do fax: 212 948 260.

Lembramos que poderá efetuar pesquisa de normas portuguesas através do Catálogo IPQ.

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

 
   

Listas
 
   

LISTAS MENSAIS

 

março
Notificações

 
Documentos normativos

A Lista mensal das Notificações tem como objetivo divulgar e tornar públicas as Regras Técnicas efetuadas pelos Estados-membros da UE (União Europeia), da EFTA (Associação Europeia do Comércio Livre) e da OMC (Organização Mundial do Comércio), de modo a promover a sua harmonização e, assim, evitar obstáculos técnicos ao comércio.

Esta Lista decorre da obrigatoriedade de divulgação desta matéria através do Decreto-Lei nº 58/2000, de 18 de abril que transpôs para a ordem jurídica interna as Diretivas 98/48/CE e 98/34/CE. A sua estrutura foi melhorada, de modo a facilitar a sua consulta.

 
 
 
 
 
NORMAS EDITADAS EM MARÇO
Catálogo IPQ

Consulte a lista (pdf)...


 


   
   
IPQ no Mundo  
   
Reuniões EURAMET/EURACHEM dos subcomités de Análise Inorgânica, de Análise Eletroquímica – SCIA/SCEA Joint meeting e de Análise Eletroquímica – SCEA meeting
 

A reunião anual dos grupos SCIA/SCEA da EURAMET/EURACHEM decorreu no dia 5 fevereiro em Braunschweig. Esta reunião conjunta antecedeu a reunião simultânea dos dois grupos, sendo que o IPQ participou igualmente na reunião do subcomité de Análise Eletroquímica – SCEA.

Ambas contaram com a participação de representantes de vários Laboratórios Nacionais de Metrologia (LNM), bem como de representantes de diversos comités na área, nomeadamente EURACHEM e CCQM e de entre os objetivos principais salienta-se a revisão dos projetos em curso, as propostas para a submissão de novos projetos e o ponto da situação das capacidades de medição e calibração.

Ler mais (pdf)...

 
Reunião do grupo de peritos de equipamentos sob pressão  

A Reunião do grupo WGP, de cooperação entre os membros do Espaço Económico Europeu para acompanhamento das Diretivas na área dos equipamentos de pressão (ESP e RSP), no centro Albert Borchette em Bruxelas, em 7 de Março de 2013.

Ler mais (pdf)...

 
Reunião ADCO de equipamentos sob pressão  

A Reunião do grupo PED ADCO, de cooperação entre os membros do Espaço Económico Europeu para a fiscalização do mercado europeu e dos organismos notificados na área dos equipamentos de pressão (ESP e RSP), teve lugar no centro Albert Borchette em Bruxelas, em 6 de Março de 2013..

Ler mais (pdf)...

 
 
 
 

Edições IPQ
 

Vocabulário Internacional de Metrologia 2012
1ª edição luso-brasileira

Vocabulário Internacional de Metrologia               2012

Faça o download desta publicação...

 

Programa Nacional de Acompanhamento de Boas Práticas de Laboratório

capa do Programa Nacional de Acompanhamento de Boas Práticas de Laboratório

Faça o download deste documento

   

Vocabulário Internacional de Metrologia Legal

Vocabulário Internacional de Metrologia Legal

Faça o download desta publicação...

 

Normas Portuguesas de Documentação e Informação"

Colectânea de normas sobre documentação

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@ipq.pt

   

Pesos e Medidas em Portugal

Livro sobre Pesos e Medidas em Portugal

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@mail.ipq.pt

   

Coletânea de normas Equipamentos e Superfícies para Espaços de Jogo e Recreio

capa do DVD COLECTÂNEA DE NORMAS Equipamentos e superfícies para Espaços de jogo e recreio

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@ipq.pt

 


Coletânea de normas sobre Responsabilidade Social

capa do DVD COLECTÂNEA DE         NORMAS sobre Responsabilidade Social

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@ipq.pt

 

Coletânea de normas sobre Desenhos Técnicos

capa do DVD COLETÂNEA DE NORMAS
			Desenho Técnico

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@ipq.pt

 

Coletânea de normas sobre Segurança contra Incêndio

capa do DVD COLECTÂNEA DE              NORMAS Segurança contra incêndio em edifícios: protecção passiva

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@ipq.pt

 

Coletânea de normas sobre Proteção Anticorrosiva de Estruturas de Aço por Esquemas de Pintura

Normas sobre pintura anti-corrosiva

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@ipq.pt

 


Coletânea – Sistemas de Tubagens de Plástico (PVC-U)

Promoção de normas             sobre sistemas de tubagem de plástico

Faça a sua encomenda através do endereço vendas@ipq.pt

 

 
   
   
 
   
   
   
   

Clientes IPQ
 
   

NP ISO 21500: 2012 Linhas de orientação sobre a gestão de projetos

Imagem alusiva a promoção de normas sobre Gestão de Projetos

Nota de encomenda ...


 

ATUALIZAÇÃO DO CATÁLOGO DE NORMAS

Catálogo IPQ

A atualização do Catálogo de janeiro já começou a ser enviada.

Lembramos que, quem não tem ainda o Catálogo instalado, deverá usar o link para instalação do Catálogo (cerca de 14 MB). Quem já tem o Catálogo precisa apenas de fazer a atualização da base de dados (cerca de 3 MB).

Se ainda não recebe o Catálogo, inscreva-se já como Correspondente. Além do Catálogo de Normas IPQ, passará a receber informação especializada na área da qualidade e poderá beneficiar de descontos significativos na aquisição de documentos normativos.

Preencha a ficha de inscrição e envie-a para correspondente@ipq.pt.

ASSINATURA DO ESPAÇO Q

O Espaço Q é uma newsletter mensal do IPQ dedicada à divulgação do Sistema Português da Qualidade (normalização, metrologia, qualificação), editada em formato eletrónico e enviada por email.

O Espaço Q está disponível para quem quiser receber regularmente informações atualizadas na área da Qualidade.

Contamos com o seu contributo, enviando-nos as suas críticas/sugestões para espacoq@ipq.pt

Se ainda não é assinante e deseja passar a receber o Espaço Q mensalmente, efetue a sua inscrição para espacoq@mail.ipq.pt.

Se desejar, poderá anular a inscrição para espacoq@ipq.pt.

 
   
EDIÇÕES ANTERIORES  
Nº 85 | fevereiro de 2013
Nº 84 | janeiro de 2013
Nº 83 | dezembro de 2012
Nº 82 | novembro de 2012

Consulte todas ...
 
   

FICHA TÉCNICA

Edição/Produção
IPQ
Rua António Gião, nº 2, 2829-513, Caparica
Tel. (+351) 212 948 100
Fax. (+351) 212 948 101
Email: espacoq@.ipq.pt

Comité Editorial
Ana Andrade
António Neves
Eduarda Filipe
Jorge Marques dos Santos
Maria João Graça
Ricardo Fernandes

Conceção gráfica
Isabel Silva

ISSN
1646-1916

 
   
   
   

 


Se desejar poderá anular a inscrição