IPQ
SPQ
Área de trabalho
(acesso reservado)

A Estratégia Nacional para a promoção da Excelência das Organizações tem como objetivo disponibilizar um sistema integrado de atribuição de distinções, através da articulação dos esquemas existentes geridos, a nível nacional, pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) e pela Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ), que possa ser entendido como uma estratégia nacional, potenciadora de uma progressão dos sistemas de gestão das organizações, por níveis de maturidade.
 
Esta estratégia visa também a ampliação deste sistema nacional em articulação com o reconhecimento internacional, instituído a nível Europeu, para promoção de reconhecimentos ao mais alto nível com visibilidade externa, para promover e dignificar a imagem internacional do tecido empresarial Português ou o desempenho de outras organizações sem fins lucrativos.
 Estrategia.gif
Este esquema integrado de distinções apresenta vários aspetos comuns a qualquer dos patamares:
  • tem por base o Modelo de Excelência da EFQM e os seus princípios;
  • pressupõe que as organizações realizem um processo de autoavaliação, o que difere é a técnica utilizada para a realizar, cuja complexidade e profundidade aumenta à medida em que se sobe de patamar;
  • tem como benefício uma avaliação independente, realizada por especialistas formados segundo padrões estabelecidos pela EFQM;
  • assenta numa metodologia de avaliação das organizações candidatas baseada na lógica designada por RADAR (Resultados, Abordagens, Desdobrar, Avaliar e Refinar);
  • fornece às organizações candidatas um relatório de pontos fortes e áreas de melhoria.
Qualquer questão relacionada com as atividades do IPQ sobre esta matéria pode ser colocada através do endereço de e-mail: pex-spq@ipq.pt​
CONTACTOS | FAQ | QUESTIONAR | Sugestões | Reclamações
  @ Serviços
   Venda de Normas e Publicações
Atualização 2019-11-18 
Politica de privacidade  |  Responsabilidade (Disclaimer)  |  Contactos  |  Mapa
Conceção e Desenvolvimento: IPQ / Capgemini
   D
Compete QREN UE
Co-financiado pelo QREN