IPQ
SPQ
Área de trabalho
(acesso reservado)

APRESENTAÇÃO | ENQUADRAMENTO TEÓRICO​ | MÉTODOS | EQUIPA​
 
DOMÍNIO METROLÓGICO DE MASSA
 
No laboratório de Massa são utilizados dois métodos de pesagem distintos na calibração de massas padrão:  O método de comparação direta e o método de subdivisão: 
 
Comparação Direta
 
O método por comparação directa consiste na utilização de um comparador de massa para realizar a comparação do padrão de massa a calibrar com um ou mais padrões de referência de classe superior. Nesta comparação, poderá ser usado um padrão de massa de referência como controle, para monitorizar a qualidade dos resultados. 
 

  
Existem dois tipos de esquemas (sequências) de pesagem que podem ser utilizados: ABA ou ABBA. O laboratório de massa utiliza por defeito o esquema ABBA. O valor da diferença de leitura entre o padrão de massa de referência e o padrão de massa a calibrar (  é dado pela seguinte fórmula:
  
Em que o índice associado a cada padrão corresponde á sua ordem de pesagem (A_1 B_1 B_2 A_2). Estes esquemas são utilizados para eliminar a deriva inerente ao funcionamento de um comparador que torna instável o valor das suas leituras.
Assim a massa convencional do padrão de massa de teste (a calibrar) pode ser calculada a partir da seguinte expressão:
 
Em que:
 
  m c,t  - massa convencional da massa padrão de teste
  m c,r  - massa convencional da massa padrão de referência
  r- massa volúmica do ar
  r- massa volúmica do padrão a calibrar
  rr  - massa volúmica do padrão de massa referência
 
 
Subdivisão
O método por subdivisão, consiste na calibração de um conjunto de padrões de massa por comparação com um ou mais padrões de referência. São utilizados diferentes combinações de padrões de massa a calibrar, de modo a que a sua soma nominal, seja equivalente ao valor nominal dos padrões de referência. Este método é especialmente indicado para a calibração de padrões de massa de classe OIML E1.
A obtenção da massa real/convencional é feita de maneira idêntica método por comparação directa, mas através de esquemas de pesagens mais elaboradas e complexas, obrigando o uso da matemática aplicada ao cálculo de matrizes.
Um sistema de N equações de pesagem é usualmente representado em notação matricial da seguinte forma:
Xb = y - e
 
onde:
 X = (x ij), i = 1..N , j = 1 .. K, é a matriz do sistema de equações de pesagem com os coeficientes xij = +1,-1, ou 0, sendo K o número de valores de massa conhecidas e por conhecer;   rD
 b = (b  ijé o vector com os K valores da massa;
  y = (y i) é o vector com as N diferenças de massa observadas, já corrigidas para o efeito da impulsão do ar Dmi - (mR - mT)i ;
 e = (e ié o vector dos erros (desconhecidos) da observação.
 
Após a obtenção dos valores de y, aplica-se a mesma expressão usada para o método por comparação directa, substituindo D I por y . 
 
 
 
CONTACTOS | FAQ | QUESTIONAR | Sugestões | Reclamações
  @ Serviços
   Venda de Normas e Publicações
Atualização 2021-04-14 
Politica de privacidade  |  Responsabilidade (Disclaimer)  |  Contactos  |  Mapa
Conceção e Desenvolvimento: IPQ / Capgemini
   D
Compete QREN UE
Co-financiado pelo QREN